Acic inicia campanha por Ceilândia limpa

A população de Ceilândia vem se incomodando com a sujeira em pontos específicos da cidade, o que traz uma sensação de sujeira geral. Parte dessa situação é reforçada por parte de alguns sujoes que jogam lixo nas áreas desocupadas da cidade.

A outra parte dessa sujeira na cidade é a inexistência de fiscalização por parte dos órgãos do Governo do Distrito Federal que não atuam, somando a isso a falta de lixeiras e de campanhas de conscientização da população.

A Associação Comercial de Ceilândia – Acic Ceilandiairá desencadear pelas rede sociais diversas campanhas por uma cidade sustentável, objetivando chamar atenção da população para a necessidade de cuidar da cidade.

Protazio.

Parlamentar rebate GDF: quase 3 bilhões de reais disponíveis para a Saúde Pública

O líder do Partido dos Trabalhadores na Câmara Legislativa, deputado Chico Vigilante, rebateu nesta sexta-feira (17) as informações veiculadas na imprensa do uso da quase totalidade do orçamento da área da Saúde no Distrito Federal em apenas 100 dias de governo. O deputado deu informações extraídas do Sistema Integrado de Gestão Governamental (SIGGO) que comprovam que a informação passada pelo GDF está errada. Hoje, há um montante de quase 3 bilhões de reais disponíveis nos cofres do DF para a área da Saúde.

“Passados mais de 100 dias do início do Governo, a equipe de Rollemberg não sabe o que fazer à frente do GDF. Por isso, tenta o tempo todo encobrir sua incompetência, culpando o Governo passado”, critica a nota do deputado. “É uma mentira sem tamanho dizer que o orçamento já acabou”, afirmou.

Protazio.

Morador de Ceilândia registra pavimentação desfeita duas horas após ser colocado

Apesar da média de R$ 3 mil gastos pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER) a cada Operação Tapa Buraco, algumas cidades do Distrito Federal sofrem mais com a buraqueira durante o período de chuvas. Em determinadas ruas de Vicente Pires e de Ceilândia, além da deterioração do asfalto, o serviço ainda é malfeito. Vídeo gravado pelo eletrotécnico Bruno Lopes, 33 anos, flagrou a tentativa de pavimentação na Vicenal 311, entre Sol Nascente e Samambaia, em plena enxurrada. Com isso, a força da água desfez o trabalho em menos de duas horas.

A gravação mostra o momento em que os operários do DER tentam afastar a água. “Não acreditei quando vi que, mesmo com tanta água, eles insistiram em tentar colocar o asfalto. Ainda sugeri para que esperassem parar de chover para fazer o serviço e fui ignorado”, comentou. “É revoltante saber que é o nosso dinheiro que está indo pelo ralo.”

Protazio.